Cotidiano

Burocracias + Ciladas

53857392-32

Acho que dessa vez eu finalmente terminei de resolver as coisas. Desde que eu saí do trabalho, toda semana eu tenho que resolver alguma coisa: rescisão, FGTS, seguro desemprego, etc. O engraçado é que eu nunca tive meus papéis confirmados tantas vezes igual nestes últimos dias. Se as coisas funcionassem como estas conferências, com certeza vários problemas deixariam de existir. Mas infelizmente, sempre tem algum problema, em algum lugar. Por exemplo:

– O sistema de seguro desemprego está fora do ar no Poupatempo de São Bernardo do Campo há apenas UMA SEMANA. Para conforto geral dos cidadãos, outros postos funcionam normalmente (em tese, pois na secretaria do trabalho de Santo André há um aviso falando que o sistema está operando com lentidão).
Atualização: Aparentemente o sistema voltou a funcionar hoje mesmo (27/11), pois não há mais nenhuma ocorrência no site do Poupatempo.

– RG tem prazo de validade. Sim. Um dos problemas que tive foi com meu RG, que me alegaram não ser mais válido ou estar desatualizado, portanto, eu teria que fazer um novo. Desde então, só ando com meu RG e passaporte dentro da bolsa. E o prazo para retirada do meu novo documento são de quinze dias. Graças a Deus não preciso com urgência. Apesar disso, não tenho motivos para reclamar do atendimento, pois as pessoas foram muito bem educadas comigo no Poupatempo de São Bernardo.

– Ao receber o termo de rescisão, conferir SERIAMENTE os dados. Sim. Nunca lemos os termos. Todos sabemos disso. Apenas passamos os olhos. Meu termo de rescisão foi recusado porque o nome não estava completo na folha (pois não cabia), sendo necessário fazer uma ressalva no próprio documento. Esta simples falta de informação me rendeu duas horas andando de metrô pela cidade de São Paulo.

Apesar de tudo, consegui resolver e tenho meu tempo livre pra fazer o que bem entender. Tipo ver pessoas que eu não via há algum tempo (apesar de morarmos perto).

59407345932035209395793952302

Bem dizia o Molejão: não era amor, era cilada. Encontrei com os amigos para conversar, trocar ideias, etc. Cansados do bar, na procura por outra coisa pra fazer, caímos uma balada sertaneja. Não é piada. Nem primeiro de abril. Mas… ao contrário do que muitos pensam, eu topo qualquer coisa. Todo mundo tem medo de me chamar pra qualquer coisa que não envolva bar ou rock ou música alternativa. Entretanto, não é porque não é parte do que eu normalmente faço, que eu não vou aproveitar da mesma forma. No fim das contas, arrisquei na dança. Na música. E foi maneiro. De verdade. Iria de novo. Mas dessa vez, treinada pra dançar o sertanejo de verdade, hahaha.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s